Nova base do CEM reúne 50 anos de censos demográficos

Informações integram o “Projeto Censo – Quanto o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos?”, do Centro de Estudos da Metrópole.
21/05/2013

Agência FAPESP – O Centro de Estudos da Metrópole (CEM) – um Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) da FAPESP – acaba de disponibilizar um vasto conjunto de bancos de dados referentes a Censos Demográficos realizados pelo IBGE ao longo de meio século e Pesquisas Nacionais por Amostragem de Domicílios (PNADs) coletadas ao longo de 35 anos.

As informações podem ser acessadas no site do CEM, na área Base de Dados, e servem como fonte básica para os trabalhos de investigação de um dos novos projetos do centro, o “Projeto Censo – Quanto o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos?”.

O visitante do site consegue ter acesso a uma enorme variedade de informações originais de pesquisas do IBGE, com a documentação completa.

De acordo com os responsáveis pelo CEM, são microdados das amostras de seis Censos (1960-2010) e de 31 PNADs (1976-2011), que não são encontrados conjuntamente para download em nenhum outro lugar. Além da abrangência na disponibilização das informações, os dados já estão prontos para serem trabalhados (abertos em formato SAV – para o Software SPSS).

Os Censos são decenais e se constituem na principal fonte de informações sociodemográficas do Brasil. Sua coleta se baseia num questionário resumido e aplicado a toda a população, bem como num conjunto estendido de perguntas, que são feitas apenas para uma amostra (de 10% a 25% do total de habitantes – cerca de 20 a 30 milhões de pessoas). Nesta divulgação, o CEM disponibiliza os microdados da amostra.

As PNADs são feitas anualmente e cobrem todo o país trazendo dados detalhados sobre diversos temas. A cada ano, o questionário das PNADs traz também um suplemento, cujo tema sempre varia: saúde, violência, programas sociais etc. Pela sua regularidade e abrangência, estão entre as principais fontes de informação quantitativa para pesquisas sociais – e preenchem todo o período intercensitário.

Com os bancos de dados (em formato SAV) de todos os Censos e PNADs, foram disponibilizados também dicionários de códigos (em formatos DOC, PDF ou XLS) e a documentação complementar original, elaborada pelo próprio IBGE. A extensão e o detalhamento dessas informações variam bastante ao longo dos anos e, por isso, para os anos mais recentes existem mais documentos, relativos a aspectos mais amplos das pesquisas.

Para as PNADs estão disponíveis também os arquivos de banco de dados originais, em formato DAT, que podem ser lidos em qualquer software estatístico com auxílio das informações de layout contidas nos dicionários de variáveis.

Os dados estão incorporados na área de Base de Dados do novo site do Centro de Estudos da Metrópole e podem ser acessados livremente. Basta preencher o cadastro, que é gratuito. Para quem já se cadastrou, basta apenas informar seu endereço de e-mail no espaço correspondente.

Mais informações: www.fflch.usp.br/centrodametropole

Fonte: http://agencia.fapesp.br/17305#.UZxzxWJW6Gs.facebook

Deixe um comentário

Arquivado em Demografia no Brasil, Fontes de dados, Informações Úteis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s