Elza Berquó e Cylon Gonçalves recebem comenda do CNPq

02/10/2013

berquó

A demógrafa Elza Salvatori Berquó e o físico Cylon Eudóxio Tricot Gonçalves da Silva receberão no dia 23 de outubro, em Brasília, o título de pesquisadores eméritos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A comenda é concedida anualmente como um reconhecimento ao renome, junto à comunidade científica, de pesquisadores que prestaram relevantes contribuições ao Brasil, informou o órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Pioneira da demografia no país, Berquó está no grupo que criou o Núcleo de Estudos de População (Nepo) da Unicamp e o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). Ela também atuou como docente pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP).

Cylon Gonçalves da Silva, por sua vez, é professor emérito da Unicamp, foi secretário nacional de programas e políticas de pesquisa e desenvolvimento do Ministério da Ciência e Tecnologia e um dos fundadores do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). Atuou como docente no Instituto de Física da Unicamp de 1974 a 1998.

Além de Berquó e Cylon, outros quatro pesquisadores serão contemplados este ano com a comenda. São eles: a química Yvonne Primerano Mascarenhas e o casal de biólogos Ruth e Victor Nussenzweig, da USP; e o antropólogo e historiador Roque de Barros Laraia, da Universidade de Brasília (UNB).

Por e-mail, os pesquisadores da Unicamp expressaram a importância da distinção. Elza Berquó afirmou que recebe “com orgulho e humildade este prêmio do CNPq em reconhecimento a uma longa jornada voltada para a pesquisa, com rigor científico, comprometida com um conhecimento humanizado”. A demógrafa coordena, atualmente, o Núcleo de População do Cebrap, além de desenvolver diversas outras atividades em instituições como a Unicamp, Secretaria Especial de Políticas de Promoção e Igualdade Racial do Governo Federal; Fundação Carlos Chagas, entre outras.

Cylon Gonçalves manifestou surpresa e gratidão com o título concedido pelo CNPq. “Sinto-me honrado e lisonjeado com minha indicação para pesquisador emérito do CNPq. Foi uma surpresa muito agradável receber esta notícia. Não sou pessoa de dar muita importância a honrarias, porém o título de professor emérito da Unicamp e, agora, a concessão deste título pelo CNPq significam muito para mim, como reconhecimento de uma trajetória profissional. Na verdade, como estou um pouco afastado da vida universitária há algum tempo, a surpresa foi duplamente agradável: pelo honraria em si e pela percepção de que ainda sou lembrado.”

O físico salientou ainda, a partir de um caso do início de sua carreira como pesquisador, o relevo que o órgão de fomento exerce para a ciência brasileira. “Como a maior parte dos pesquisadores brasileiros, tenho um relacionamento com o CNPq que abrange praticamente toda minha carreira, começando em setembro de 1969 quando recebi uma bolsa de doutorado no exterior. Naquela época, o CNPq não costumava conceder muitas bolsas para o exterior, tanto que eu havia ido para Berkeley com umas pequenas economias pessoais em abril daquele ano”, conta.

“Diria que fui ‘na cara e na coragem’ e com a perfeita inconsciência que um jovem de 22 anos poderia enfrentar. É muito bom ser jovem. Meu bom desempenho acadêmico no primeiro trimestre que passei lá (fui aprovado no exame de qualificação para o doutorado logo após minha chegada) deve ter sido decisivo para conseguir a bolsa, sem a qual teria sido muito difícil continuar nos Estados Unidos”, lembra-se.

O título de pesquisador emérito foi instituído em 2005 pelo CNPq (confira a lista de todos os agraciados até 2012). A entrega da distinção deste ano acontece às 16h00 na sede do órgão (Conjunto B – Blocos A, B, C e D, Lago Sul – Brasília). Leia mais sobre Elza Berquó em A curva de sobreviventes e Cylon Gonçalves em O mais novo desafio de Cylon Gonçalves da Silva.

Deixe um comentário

Arquivado em Informações Úteis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s