ONU discute desafios populacionais do planeta, 20 anos após conferência sobre tema

Em 2011, a população do planeta chegou a 7 bilhões. Em 2050, estima-se que será de 9,6 bilhões de pessoas. Foto: ONU/Rick Bajornas.

Em Nova Iorque, ONU discute desafios populacionais do planeta, 20 anos após conferência sobre o tema

A Comissão das Nações Unidas sobre População e Desenvolvimento começou, nesta segunda-feira (7), um balanço dos avanços e desafios desde a histórica Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), realizada na cidade de Cairo (Egito) em 1994.

Durante uma semana, em Nova York, na sede da ONU, países-membros estão avaliando as medidas tomadas nos últimos 20 anos para implementar o plano de 1994, que estabeleceu que o aumento do acesso à saúde e educação e a proteção dos direitos humanos ajudaria a garantir um futuro melhor, levando a um crescimento populacional mais sustentável.

Na abertura, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que o programa de ação da CIDP “tem contribuído para avanços significativos”.

“Menos pessoas estão vivendo em extrema pobreza. A igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres estão ganhando terreno em todo o mundo. Mais pessoas estão vivendo mais, vidas mais saudáveis. Mais meninas estão na escola. Menos mulheres estão morrendo na gravidez e no parto. Há mais leis para proteger e defender os direitos humanos”, acrescentou, lembrando que ainda restam dezenas de desafios a ser enfrentados.

O documento de revisão da CIPD, publicado pela ONU em fevereiro, mostra que ainda há muito a ser feito. Enormes desigualdades na implementação dos direitos humanos, e no acesso a serviços essenciais, assim como novos desafios relacionados ao crescimento da população, a mudança das estruturas etárias, a rápida urbanização e migração estão entre os assuntos a ser discutidos no encontro da Comissão.

Desde 1994, a população mundial cresceu de  5,7 para 7,2 bilhões de pessoas. Mas, apesar da diminuição no ritmo de crescimento demográfico, as projeções da ONU sugerem que a população mundial poderá atingir 9,6 bilhões em 2050, com a maior parte do aumento concentrado nos países mais pobres.

De acordo com um relatório preparado pelo secretário-geral para a Comissão, o estado atual da população do mundo é de diversidade sem precedentes e de mudança, que se reflete em novos padrões de envelhecimento, fecundidade, mortalidade, migração e urbanização.

Os idosos são o grupo etário que mais cresce no mundo: o número de pessoas com mais de 60 anos quase duplicou entre 1994 e 2014, e as pessoas mais velhas já superam as crianças menores de cinco anos. Acredita-es que em 2050 os idosos serão 21% da população mundial.

 

Fonte:  http://www.onu.org.br/em-nova-york-onu-discute-desafios-populacionais-do-planeta-20-anos-apos-conferencia-sobre-tema/

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos Demografia, Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s