Perfil da população economicamente ativa em São Paulo (2000-2010)

Artigo publicado no Primeira Análise, do Seade, traça o perfil da população economicamente ativa no Estado de São Paulo no período 2000-2010, considerando seus fatores condicionantes, de forma a ressaltar dados de relevo para a formulação de políticas públicas.

avenida_sp

Destaques:

  • No Estado de São Paulo, no período 2000-2010, em torno de 55% da população de dez anos e mais foi considerada economicamente ativa.
  • Entre os homens, essa proporção se manteve em torno de 70%; entre as mulheres, registra-se um forte incremento, chegando a 52%, em 2010.
  • A participação masculina, ou seja, a relação entre a população economicamente ativa e aquela em idade ativa (dez anos e mais) apresenta uma queda de mais de 3%, enquanto a feminina mostra um aumento superior a 9%.
  • A maior participação de homens encontra-se na faixa etária de 30 a 39 anos (acima de 90%) e a de mulheres ocorre entre 25 e 34 anos.
  • Em 2010, um trabalhador do sexo masculino ficaria em atividade por praticamente 45 anos em média. Entre as mulheres, esse número aumenta de 28 anos, em 2000, para 31 anos, em 2010.
  • O número estimado de anos na atividade econômica fica acima do limite estabelecido pela Previdência Social.
  • Se fossem eliminadas todas as doenças consideradas evitáveis, haveria um acréscimo de 5,3 anos na esperança de vida dos homens e de 2,8 anos para as mulheres.

Autor: Luis P. Ortiz Flores.

Deixe um comentário

Arquivado em Trabalho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s