Arquivo da categoria: Eventos Demografia

Seminário “Proyecciones de hogares:  desafíos conceptuales y metodológicas para las poblaciones de América Latina”


Unicamp, 27 y 28 de julio de 2017

Centro de Estudios de Población “Elza Berquó” (Nepo)
Departamento de Demografía (Instituto de Filosofía y Ciencias Humanas – IFCH)
Universidad de Campinas (Unicamp)
Campinas – Sao Paulo / Brasil

Envío de resúmenes (hasta 1000 palabras): 07 de Junio de 2017

El objetivo del seminario es reunir estudiosos sobre proyecciones poblacionales interesados en el estudio del número, tamaño y composición de las familias y hogares en América Latina. La propuesta es discutir las aplicaciones no contexto latinoamericano, abordar las cuestiones conceptuales y metodológicas de las interconexiones de los componentes demográficos y los cambios en la estructura y composición de las familias y hogares. La proyecciones de hogares requieren profundo conocimiento de las tendencias pasadas y recientes, para la construcción de escenarios futuros de la mortalidad, fecundidad, migración y nupcialidad, así como el acceso a métodos que abarcan la complejidad de las relaciones entre las dimensiones demográficas y sociales involucrados. Por estas razones, se amplían la relevancia de un seminario con foco en las especificidades de los países de América Latina.

Familia y hogar son unidades fundamentales del análisis demográfico, por ser el contexto en que se toman las decisiones y los recursos son compartidos, con un impacto directo en la reproducción social y de la población. Además de las dinámicas de población, se agrega a la importancia del número y de la composición de los hogares como unidad de análisis a los estudios sobre sostenibilidad socio ambiental, el consumo, la configuración y la gestión urbana, la seguridad alimentaria, entre otros. La vivienda, la alimentación y el acceso a los servicios públicos, y mercado en general, son gestionados, en gran medida, internamente a las familias y hogares. En paralelo, el análisis de la composición de hogares, tales como el número y las relaciones entre sus miembros, es esencial para el estudio de situaciones del cuidado de personas potencialmente dependientes, como los más ancianos e los muy jóvenes.

Dirigido a: Profesores, investigadores y estudiantes de diferentes áreas del conocimiento, especialmente Demografía, Ciencias Sociales, Economía y Estadística, gerentes y profesionales involucrados en la generación y gestión de bases de datos demográficos.

Composición de organización:
Tirza Aidar (Departamento de Demografía – Instituto de Filosofía y Ciencias Humanas – IFCH)
Joice Melo Vieira (Coordinación de Programas Demografía IFCH)
Gustavo Brusse (estudiante de doctorado en Demografía)

Apoyo
Programa de Postgrado en Demografía (IFCH / Unicamp)
Proyecto Observatorio de la Migración (NEPO, con el apoyo de la FAPESP)
Las proyecciones demográficas y redes de datos Producción – Prodatos (ALAP)

INFORMACION

Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” – Nepo
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

E-mail: householdproj_seminar@nepo.unicamp.br 

55 19 3521 5891 

Deixe um comentário

Arquivado em Crescimento populacional, Demografia da Unicamp, Demografia no Brasil, Eventos científicos, Eventos Demografia, NEPO, Palestras

IX Programa de Capacitação: População, Cidades e Políticas Sociais

IMG_2003

Participantes do IX Programa de Capacitação: População, Cidades e Políticas Sociais na FCLAr/UNESP. Fonte: Domeniconi (2016). Banco de Imagens do Observatório das Migrações em São Paulo.

No contexto do Programa de Seminários do Observatório das Migrações em São Paulo (NEPO/IFCH-Unicamp) ocorreu nos dias 05 e 06 de abril na Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” a nona edição do Programa de Capacitação: População, Cidades e Políticas Sociais.

Nessa edição, o Observatório das Migrações contou com a parceria do Observatório dos Conflitos Rurais em São Paulo e do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Sociedade, Poder, Organização e Mercado (NESPOM-FCLAr). Tendo ainda o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Fundo de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (FAEPEX-Unicamp),  do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), do Departamento de Pós-Graduação em Demografia da Universidade Estadual de Campinas (IFCH-Unicamp), do Departamento de Sociologia da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr-Unesp) e da Prefeitura Municipal de Araraquara.

O público presente no evento era composto, majoritariamente, de profissionais vinculados aos poderes públicos municipais da região central do Estado de São Paulo e pertencentes aos quadros legislativos e executivos. Destacando-se também a participação de representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-Unidade Botucatu),  da Fundação “Prof. Dr. Manoel Pedro Pimentel (FUNDAP), da UNICAMP (Campus Campinas), da UNESP (Campus Araraquara e Franca), UFSCar (Campus São Carlos), USP (Campus Ribeirão Preto), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), da Universidade de Araraquara (UNIARA) e da Universidade Paulista (UNIP). Contamos, nesse sentido, com a presença de 50 participantes nos dois dias de atividade. As palestras foram pensadas com o objetivo de sensibilizar e capacitar os ouvintes acerca das transformações sociodemográficas nacionais e regionais.

Na quarta-feira (05/04), a abertura do evento foi realizada pela Profa. Dra. Maria Chaves Jardim (NESPOM-FCLAr-UNESP) e pela Profa. Dra. Rosana Baeninger, coordenadora do Observatório das Migrações em São Paulo (NEPO-IFCH/UNICAMP).  Já a Conferência de Abertura ficou ao encargo do Prof. Dr. Alberto Riella (UDELAR-UY) e teve como título “A Problemática da Globalização da Agricultura e os Impactos Sociais no ConeSul”.  O período da tarde foi dedicado a palestras da Profa. Dra. Rosana Baeninger e da Dra. Roberta Peres (NEPO-Unicamp) com o título “Transição Demográfica e Políticas Sociais: A importância dos Indicadores Sociais” e posteriormente com a contribuição da Profa. Dra. Lidiane Maciel (IFCH-Unicamp) e da Ma. Giovana G. Pereira com a Mesa Redonda: A Dinâmica Populacional na Região Administrativa Central.

Enquanto que na quinta-feira (06/04), no período da manhã, ocorreu a Oficina “Pesquisa Etnográfica: Referências para Políticas Públicas no rural e no urbano” com as contribuições da Profa. Dra. Maria Chaves Jardim, da Profa. Dra. Lidiane Maciel e da Ma. Thauana Gomes (Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural/NUPEDOR-UNIARA). No período da tarde, a Mesa Redonda “Demandas Locais e Regionais”, sob a mediação do Prof. Dr. Sérgio Fonseca (FCLAr-Unesp) e da Profa. Maria Chaves Jardim, contou com as falas da Ma. Juliana Agatte (Secretária de Planejamento e Participação Popular), de Alcindo Sabino (Coordenador da Participação Popular) e de Filipe Brunelli Iani (Assessora de Políticas LGBT) da Prefeitura Municipal de Araraquara, bem como, de Djalma Nery, co-fundador da Associação Veracidade.  Ao final do evento, sob a coordenação da Dra. Rosemeire Salata e do Dr. Leonardo Reis, os participantes presenciaram o lançamento do livro “Lutas Sociais no Campo – São Paulo 2014-2015”, organizado pelo Observatório dos Conflitos Rurais.

Para acessar mais fotos do evento: Clique aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Cursos, Demografia da Unicamp, Eventos Demografia, Migração, NEPO, Observatório das Migrações, políticas públicas, Uncategorized, Urbanização

NEPO na ALAP/ABEP 2016

Professores, pesquisadores e alunos do Programa de Pós-graduação em Demografia e do Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” (NEPO) da Unicamp participaram do VII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población e XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais. O evento ocorreu em Foz do Iguaçu-PR, entre os dias 17 e 22 de outubro de 2016.

img_1762

nepo_1

nepo

Vale ressaltar que dois trabalhos realizados no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Demografia da Unicamp foram premiados.

poster_luis-felipe_2Como melhor pôster do evento foi laureado o trabalho “A Imigração haitiana no Brasil nas páginas dos jornais: Análise das reportagens sobre o tema entre 2010 e 2015”, de Luís Felipe Aires Magalhães, Camila Rodrigues da Silva e Glaucia Assis.

 

 

 

carla_nova_2

Recebeu menção honrosa o pôster “Migração e trabalho no agronegócio: o trabalho para além da porteira e sua relação com os fluxos migratórios na cadeia carne/grãos”, de Carla Craice da Silva e Felipe Ferraz Vazquez. Parabéns!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos Demografia

CHAMADA DE TRABALHOS – Programa de Seminários do Observatório das Migrações em São Paulo

Temos o prazer de divulgar a chamada para submissão de trabalhos para o seminário de encerramento do Projeto ‘Nuovi Arrivati’, evento que se insere no Programa de Seminários do Observatório das Migrações em São Paulo (FAPESP-CNPq/NEPO-UNICAMP).

O seminário, que está previsto para ocorrer na Casa d’Italia em Campinas (SP) no dia 26 de Novembro de 2016 (das 09h00 às 18h00), será um momento de apresentação e discussão do Projeto ‘Nuovi Arrivati’, uma atividade do Comitê de Italianos no Exterior (COMITES) de São Paulo em colaboração com o Observatório das Migrações em São Paulo, o Consulado Geral da Itália em São Paulo, a Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio (ITALCAM) e a Missão Paz.

Este projeto tem o propósito de favorecer a integração dos italianos de recente imigração no Brasil. Em especial, se propõe a melhorar o acesso dos concidadãos a informações claras e confiáveis, indispensáveis para a inserção social e profissional na realidade brasileira. Este projeto se insere como um ponto de partida para a elaboração e a implementação de diversas iniciativas direcionadas a este segmento populacional, explorando suas dificuldades e exigências.

Além de se apresentarem e discutirem os resultados do projeto, será aberta uma sessão pôster para apresentação de pesquisas temáticas que abordem a migração recente de italianos para o BrasilNeste evento, serão aceitas contribuições em Italiano, Português, Inglês e Espanhol. Os trabalhos aprovados, após a apresentação no seminário, serão organizados em um livro sobre a migração italiana para o Brasil, a ser publicado em 2017.

Serão aceitas contribuições enviadas para o e-mail pier@nepo.unicamp.braté o dia 23 de Setembro de 2016. Nesta primeira fase, serão aceitos tanto artigos completos como resumos expandidos. Mais informações se encontram na chamada disponível aqui. Eventuais dúvidas também podem ser enviadas para o e-mail pier@nepo.unicamp.br.

Ainda no mês de Setembro, será também aberta a inscrição para participação do seminário na qualidade de ouvinte (não será cobrada taxa de inscrição). Durante o mês de Outubro, divulgaremos a programação preliminar, com as mesas redondas previstas e as autoridades convidadas para o evento.

Contamos com a divulgação desta chamada (e das novidades sobre o evento) para todos os interessados e com a participação de todos que queiram discutir, ouvir e aprender sobre migrações internacionais e a nova migração italiana para o Brasil!

Pier Francesco De Maria (coordenador – IFCH/UNICAMP)
Jacopo Angelozzi (coordenador – Comissão Recém-Chegados/COMITES-SP)
Rosana Baeninger (coordenadora adjunta – IFCH-NEPO/UNICAMP)
Renato Sartori (coordenador ajunto – COMITES-SP)
 

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos Demografia, Migração, Seminários

IUSSP International Seminar on Registering and Counting the Population

IUSSP International Seminar on Registering and Counting the Population: the production and exploration of census information from early modern times to the end of the 20th century

19 a 21 de maio de 2016 / 19-21 May 2016

Escola de Educação Corporativa da Universidade (Educorp)
Universidade Estadual de Campinas – University of Campinas
Campinas – São Paulo/ Brazil

We are pleased to announce the International Seminar on Registering and Counting the Population: the production and exploration of census information from early modern times to the end of the 20th century, to be held at Universidade Estadual de Campinas (University of Campinas), Campinas – São Paulo, Brazil, next May.

There will be simultaneous translation.

VENUE

The seminar will take place at the Escola de Educação Corporativa da Universidade (Educorp), Rua Saturnino de Brito, 323, University campus, Campinas (see map).

UNICAMP AND CAMPINAS

Since its founding in 1966, UNICAMP has greatly valued the presence of foreign visitors within its academic community. UNICAMP welcomes citizens from all countries and their presence has made our campus a lively multicultural place.

The purpose of this Guide is to acquaint the participants of IUSSP Seminar on Registering and Counting the Population with our institution and to make your stay here a rewarding one. Also, we will provide useful information that will help you plan your trip to Brazil and to Campinas.

The University

The University campus is named after its founding father, Zeferino Vaz, who dreamed of UNICAMP and saw its birth in 1966. The sloping verdant meadows where it is located used to be coffee and sugar cane plantations. Nowadays they house a two-million square-meter university campus, luxuriant with parks and flowering trees. There are also a campus in the city of Limeira and one dedicated to Dentistry in Piracicaba, another neighboring city.

The University has approximately 17000 undergraduate and 20000 graduate students. The majority of the undergraduate students come from São Paulo state, while the graduate students come from literally all over the nation. There are nearly 1,800 faculty members, 98% with a Ph.D.

UNICAMP is a public university fully supported by the State of São Paulo. It has also access to private and public research funds.

Like in all Brazilian public education institutions, our students (Brazilian or foreign) do not pay tuition fees and have access to subsidized restaurants in campus.

Location

University of Campinas
Cidade Universitária “Zeferino Vaz”
Barão Geraldo – Campinas, São Paulo, Brasil

Campinas

A city originally named for its meadows, Campinas was founded in 1774. With a population of nearly one million people, Campinas is today an important and growing educational, industrial and financial center. The main university campus lies 16 kilometers north of the city center.

As most Brazilian big cities, Campinas has cinemas, theaters, museums, parks, and fine shopping malls. Restaurants serve a variety of regional and international dishes while pubs, here called “barzinhos”, are popular meeting places for stimulating conversations and great live music.

Campinas is also the home of two popular soccer teams: Guarani and Ponte Preta. Recreation in the vicinity of Campinas is rich and varied. São Paulo, one of the world´s largest cities and an important cultural center, is located 100 kilometers southeast of Campinas – a one-hour ride by car or bus. In addition, many country resorts and parks are accessible, offering a taste of life in the countryside. Finally, some of the famous beaches of the Brazilian coast are only a two-hour drive away.

Campinas is served by a comprehensive transportation network that can take you from any part of town to another in a fast and comfortable trip.

ORGANIZATION
Ana Silvia Volpi Scott
Diego Ramiro Fariñas
Maisa Faleiros da Cunha
Maria Silvia Casagrande Beozzo Bassanezi

PROMOTION
PANEL ON HISTORICAL DEMOGRAPHY – IUSSP
NEPO – POPULATION STUDIES CENTER

INFORMATION

Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” – Nepo
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

E-mail: iussp.campinas.seminar@gmail.com

Telefone Geral: (19) 3521-5898 – Fax: (19) 3521-5900

 

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos Demografia

Programação – Seminário “Migrações Internacionais, Refúgio e Políticas”

Seminário “Migrações Internacionais, Refúgio e Políticas”

Memorial da América Latina, São Paulo

Dia 12 de abril de 2016

Programação

1

2

Para mais informações, clique AQUI.

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos Demografia

CHAMADA DE TRABALHO – Programa de Seminário do Observatório das Migrações

Sem título

Seminário “Migrações Internacionais, Refúgio e Políticas”

Memorial da América Latina, São Paulo

Dia 12 de abril de 2016

 

Realização e organização

Observatório das Migrações em São Paulo – Núcleo de Estudos de População Elza Berquó/ Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/ Faculdade de Ciências Aplicadas – Universidade Estadual de Campinas: Rosana Baeninger,  Roberta Peres, Álvaro D´Antona

Grupo de Estudo Distribuição Espacial da População – PUC Minas Gerais: Duval Fernandes, Maria da Consolação Gomes de Castro

Grupo de Estudos Migratórios Amazônicos – Universidade Federal do Amazonas: Sidney Silva

Cátedra Sérgio Vieira de Mello e Observatório das Migrações e Mobilidade no ABC Paulista – Universidade Federal do ABC: José Blanes Sala, Júlia Bertino Moreira, Adriana Capuano, Leonardo Freire de Mello, Marilda Menezes, Gilberto Rodrigues

Observatório das Migrações em Santa Catarina – Gláucia Assis, Luis Felipe Aires Magalhães

Observatório das Migrações Nordestinas – Ricardo Ojima, Wilson Fusco

Observatório do Platô das Guianas – Jadson Porto

Observatório das Migrações no Ceará – Silvana Nunes de Queiróz

Memorial da América Latina – Marília Franco

Programa de Pós-Graduação em Demografia – Universidade Estadual de Campinas

Programa de Pós-Graduação em Sociologia – Universidade Estadual de Campinas

Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas – Universidade Estadual de Campinas

Programa de Pós-Graduação em Geografia – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social – Universidade Federal do Amazonas

Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais – Universidade Federal do ABC

Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão de Território – Universidade Federal ABC

Programa de Pós-Graduação em Demografia – Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – Universidade Federal do Amapá

Programa de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental – Universidade do Estado de Santa Catarina

Programa de Pós-Graduação em História – Universidade do Estado de Santa Catarina

O Seminário “Migração Internacional, Refúgio e Políticas” busca dialogar com distintos campos disciplinares, avançando no conhecimento teórico-metodológico, bem como debater, com atores governamentais e a sociedade civil, as políticas migratórias (e/ou a ausência delas) e as políticas sociais para os imigrantes no Brasil do século XXI.

Chamada de Trabalho:

Os trabalhos podem ser submetidos no formato de resumo expandido (4 páginas) ou trabalho completo (de 12 a 20 páginas). Os eixos temáticos acompanham as respectivas mesas-redondas do Seminário; a saber:

  • Migrações Internacionais no Brasil Contemporâneo: cenários, tendências, características e especificidades
  • Migração Internacional   e    Políticas   Públicas:    trabalho,    justiça,   saúde, educação e assistência
  • Fronteiras e Migração
  • Refúgio, Políticas e Território

 

O formato da apresentação dos trabalhos selecionados será somente como PÔSTER. A sessão de pôster, com a seleção de 20 trabalhos, será realizada no horário do almoço e contará com cinco comentaristas que discutirão individualmente com os respectivos autores.

Prevê-se também que estes pôsteres sejam impressos pela organização do evento,  de modo a padronizá-los, com a finalidade de doação ao Memorial da América Latina para que fique exposto ao público em geral e por um tempo maior que a duração do evento. Haverá certificado de premiação para os três melhores pôsteres apresentados.

Os trabalhos aprovados no formato de trabalho completo participarão ainda de seleção ad hoc para publicação de alguns deles na Revista do Memorial da América Latina.

Os resumos expandidos (4 páginas) e os trabalhos completos (de 12 a 20 páginas) devem ser elaborados com letra Arial 12, espaçamento simples, margens 2,5cm para superior, inferior, esquerda e direita.

Para os resumos expandidos: na primeira página constar: título do trabalho, autor, instituição e endereço eletrônico. Indicar no rodapé: Trabalho submetido ao Seminário “Migrações Internacionais, Refúgio e Políticas”, a ser realizado no dia 12  de abril de 2016 no Memorial da América Latina, São Paulo.

Da segunda página em diante devem constar: somente título do trabalho (não indicar autoria) e os itens: objetivo, discussão teórica e metodológica, resultados e referências bibliográficas.

Para os trabalhos completos: na primeira página constar: título do trabalho, autor, instituição e endereço eletrônico. Indicar no rodapé: Trabalho submetido ao Seminário “Migrações Internacionais, Refúgio e Políticas”, a ser realizado no dia 12  de abril de 2016 no Memorial da América Latina, São Paulo.

Da segunda página em diante constar: somente título do trabalho (não indicar autoria) e seguir com os tópicos do texto.

Haverá Anais online do evento, com a publicação dos resumos expandidos e os trabalhos completos aprovados.

Público Alvo: acadêmicos, gestores, Ministérios, comunidades imigrantes.

Não há taxa de inscrição. Os custos de viagens e alojamento não serão financiados pela organização do Seminário.

  

PRAZOS:

25 de janeiro de 2016 a 01 de março de 2016: envio de resumo expandido ou trabalho completo em arquivo em word para o seguinte endereço:

observatoriodasmigracoes@nepo.unicamp.br

10 de março de 2016: resultado dos resumos expandidos e trabalhos aprovados.

21 de março de 2016: envio do formato em pôster dos resumos expandidos e trabalhos selecionados, a ser encaminhado em arquivo power point para a impressão do mesmo pela organização do evento. As dimensões recomendadas são de 90 cm de altura e 80 cm de largura, contendo: Objetivo, discussão teórica, metodologia, principais resultados, referências bibliográficas. O não envio do referido arquivo para impressão do pôster será considerado como desistência do participante e não constará da programação e dos Anais do evento.

A programação final do evento será divulgada a partir de 28 de março de 2016.

Sem título

1 comentário

Arquivado em Eventos Demografia